Blog da Oficina

Ô, pai?

- Ô, pai?

- Quê, filho?

- Não vai chover, domingo, vai?

- Ah, não sei, filho. Não sei.

- E se chover? Não vamos ao parque, pai, se chover?

- ...

- Ô pai, quantos anos tem o Sansão?

- Acho que tem uns sete anos.

- Bah, pai. Ele é mais velho do que eu?

- Sim. É sim. Sim...


- Ô pai? O Sansão vai morrer um dia?

- Sim, filho. Todos morreremos um dia.

- Um dia? Como um dia, pai? O mano já morreu há muitos anos? Como um dia?

- Filho, um dia, quero dizer numa data. Um dia desses todo mundo pode morrer.

- Ô pai? Mas o Sansão vai morrer antes de mim?

- Sim. Acho que sim. Os cachorros duram bem menos do que as pessoas.

- Mas o mano viveu só um aninho?

- A gente pode morrer, filho, pequenino, jovem, adulto ou velhinho. Até mesmo antes de nascer.

- Antes de nascer, pai? Mas como, pai, antes de nascer?

- Ah, filho. É assim que é a vida.

- Mas, pai, o que é assim? Pai!

- Pô, filho, dá um tempo...Tu parece um filósofo?

- Ô pai? Ô pai?

- Sim? Sim?

- Mas, o que é um fisól... um filósofo, pai?

- ...

- Pai?

- ...

- ?

- ...

- Ô pai!


***

Luis Antônio Franckowiak Pokorski é psicanalista pelo CPRS e professor. É graduado em Filosofia. Tem especialização em Administração Educacional, Sociologia e Pedagogia Inaciana. É doutorando em Psicologia Social pela Universidad Argentina John F. Kennedy - UFK. Participa do Curso Livre de Formação de Escritores da Editora Metamorfose.


Deixe seu comentário abaixo.


Luis Antônio Franckowiak Pokorski
10/08/2019

 

 

Site desenvolvido por metamorfose agência digital

DEPOIMENTOS

"Fiquei muito satisfeito com o conteúdo da Oficina. Minha experiência com escrita, agora vejo com maior clareza, era inteiramente prática ou intuitiva e, certamente, passível de ser substancialmente melhorada. Gostei muito da orientação obtida através da Oficina e, em particular, da tua avaliação do material dos desafios."

Décio Oliveira Elias,
Rio de Janeiro, RJ

mais depoimentos

 

Para Oficina de Criação Literária

 

 

 

curso desenvolvido pela