Dica de Escrita

Sextou, segundou

Sextou e segundou exemplificam um fenômeno linguístico de criação de novas palavras conhecido como neologismo.

Há dois tipos de neologismos. O primeiro, conhecido como neologismo lexical, consiste em formar palavras novas a partir de outras já existentes. Exemplo: sextou, verbo derivado de “sexta” (feira), que passou a ser empregado para dizer que chegou a sexta feira, que é dia de sair com os amigos, de ir a um happy-hour, de descansar, entre outros sentidos.

O segundo, conhecido como neologismo semântico, consiste na atribuição de novos sentidos a palavras já existentes. Exemplos: bico e corneta.
Exemplos: Muitos desempregados sobrevivem de bicos. Apesar da corneta, continuou defendendo o time.

Sextou e segundou, palavras que têm origem na linguagem mais informal, vão ganhando espaço inclusive na linguagem de repórteres para anunciar o fim e o início de semana, respectivamente. Como outros neologismos, o emprego dessas palavras vem constituindo um modismo em linguagem. As redes midiáticas são as principais responsáveis pela divulgação de modismos. Alguns desaparecem depois de algum tempo; outros acabam se incorporando ao léxico da língua.

O processo de formação de novas palavras é da própria natureza das línguas que, por meio de elementos já existentes (radicais, prefixos e sufixos), possibilitam infinitas combinações das quais resultam novos sentidos.
Há dois processos básicos de formação de novas palavras: 1) a derivação, que consiste em formar uma nova palavra a partir de outra, com acréscimo de prefixos, sufixos, ou desinências verbais. É o caso de sextou e segundou, palavras que receberam o acréscimo da terminação verbal “ou”; 2) a composição, que consiste em juntar duas ou mais palavras ou partes de palavras (radicais) para formar uma nova. Exemplos: papamóvel; operação-desmonte.

A motivação para a criação de novas palavras pode vir da necessidade de nomear algo ou um fenômeno novo, mas também pode atender a uma função expressiva ou estética, como o fez Guimarães Rosa, na Literatura.

Neiva Tebaldi Gomes - Blog: https://blogscriptura.wordpress.com/
08/01/2020

 

 

Site desenvolvido por metamorfose agência digital

DEPOIMENTOS

"Fiquei muito satisfeito com o conteúdo da Oficina. Minha experiência com escrita, agora vejo com maior clareza, era inteiramente prática ou intuitiva e, certamente, passível de ser substancialmente melhorada. Gostei muito da orientação obtida através da Oficina e, em particular, da tua avaliação do material dos desafios."

Décio Oliveira Elias,
Rio de Janeiro, RJ

mais depoimentos

 

Para Oficina de Criação Literária

 

 

 

curso desenvolvido pela