As Pontes de Madison

Katiuscia Couto

A primeira edição deste livro foi lançada em 1992 e três anos depois sua adaptação cinematográfica que foi um grande sucesso logo na primeira semana de estreia. E foi por volta do ano de 2008 que conheci o filme, na época me lembro de ter amado e chorado bastante.

Quando vi em algum Instagram que sigo a foto, logo corri para comprar o livro e tirar minhas conclusões de fidelidade do filme. Devo dizer que me lembrei demuitasdas cenas da adaptação enquanto lia, mas os sentimentos são sempre melhor interpretados durante uma leitura.

No filme, Meryl Streep interpreta a personagem principal, Francesca e o diretor Clint Eastwood também foi o personagem principal, o fotógrafo Robert Kincaid.

A história se passa por volta de 1965 na cidade de Madison County, Iowa, nos Estados Unidos, o casal vive a maior história de amor em apenas quatro dias.

Uma dona de casa casada e mãe de dois adolescentes, Francesca vive na pequena cidade desde seu casamento. Mora em um rancho tranquilo e tem sua vida pouco movimentada com o marido Richar para o que sonhara quando criança, até que em um dia nada esperado, quando sua família havia viajado para um evento, um estranho entra em sua vida para muda-la para sempre.

Robert Kincaid, fotógrafo em uma grande revista, a National Geografic, aventureiro tanto no profissional quanto no pessoal, está procurando informações sobre as pontes cobertas de Madison County e é na casa de Francesca que ele estaciona para pedir informações. Por mais que não acredite em amor à primeira vista, Robert é pego de surpresa e tenta negar o ocorrido.

Na época conversar com um andarilho e tirar disso uma amizade eram motivo de fofocas locais. Imagina o que os vizinhos não falariam sobre uma traição com um estranho. Jamais entenderiam que a paixão pode virar amor em tão pouco tempo.

O livro é divido por personagens e suas considerações da história, mas o foco é a narrativa de Francesca. O primeiro capítulo é o autor contando como chegou até esta história, seguido por Robert e consecutivamente Francesca. Há um capitulo extra, mas não comentarei sobre para não acabar dando spoiler.

Por mais que o tema principal seja traição é impossível não se apaixonar pelo casal e sua história de amor impossível. Sou fã do filme e agora do livro, então apenas recomendo muito ambos, tenho certeza que não irá se arrepender.

 

Comentários:

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "582204" no campo ao lado.
 
  

 

Voltar
Site desenvolvido por metamorfose agência digital

DEPOIMENTOS

"Fiquei muito satisfeito com o conteúdo da Oficina. Minha experiência com escrita, agora vejo com maior clareza, era inteiramente prática ou intuitiva e, certamente, passível de ser substancialmente melhorada. Gostei muito da orientação obtida através da Oficina e, em particular, da tua avaliação do material dos desafios."

Décio Oliveira Elias,
Rio de Janeiro, RJ

mais depoimentos

 

Para Oficina de Criação Literária

 

 

 

curso desenvolvido pela