O livro ainda é um Bicho-Papão

Cláudia de Villar

Infelizmente, o livro ainda é um Bicho-Papão para a maioria das pessoas. Afinal, basta olhar em volta e veremos o quanto as pessoas estão escrevendo e lendo. Porém, esta leitura não está voltada aos livros, mas às redes sociais. O BUM das redes sociais nos aponta um crescimento absurdo na prática da escrita e leitura, nos mostrando que as pessoas não são avessas à leitura ou à escrita, mas sim torcem o nariz para os livros. Por que isto acontece? Por que livrarias estão fechando enquanto as pessoas demonstram uma afinidade enorme com a leitura?

Talvez esta resposta não se resuma em apenas um único fato. Talvez esta escrita mais despojada e sem o ranço da obrigatoriedade da forma correta de produção textual faça com que os indivíduos se sintam convidados à escrita..

Sabemos que uma grande parcela dos indivíduos são apresentados aos livros somente nas escolas, faltando a parcela, importantíssima da influência familiar na aquisição do hábito de ler. No ambiente familiar a leitura tem um ar de descontração, felicidade, prazer, mas no âmbito escolar, a leitura carrega a carga da obrigatoriedade, a nota no final do trimestre ou semestre pela leitura, o resuma, a resenha e a famigerada redação a partir de leituras.

Desta forma, as pessoas se jogam tanto nas leituras e escritas sem a obrigatoriedade do politicamente correto e se afastam dos livros e suas lembranças dos bancos escolares. Portanto, é preciso que a leitura nas escolas esteja presente em momentos mais descontraídos e sejam lançadas propostas de ler por ler, sem a nota final. Quem sabe, este seja um caminho para que a leitura perca o estigma do Bicho-Papão das vidas das pessoas.

 

Comentários:

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "471406" no campo ao lado.
 
  

 

Voltar
Site desenvolvido por metamorfose agência digital

DEPOIMENTOS

"Fiquei muito satisfeito com o conteúdo da Oficina. Minha experiência com escrita, agora vejo com maior clareza, era inteiramente prática ou intuitiva e, certamente, passível de ser substancialmente melhorada. Gostei muito da orientação obtida através da Oficina e, em particular, da tua avaliação do material dos desafios."

Décio Oliveira Elias,
Rio de Janeiro, RJ

mais depoimentos

 

Para Oficina de Criação Literária

 

 

 

curso desenvolvido pela